Menu

“Vendo ou troco por algo de meu interesse”


   Essa é a frase que mais tenho lido nos grupos de bazar dos quais faço parte no Facebook. Ok, você comprou aquele super tênis pela internet e o danado ficou pequeno, ou então aproveitou a promoção do Ali express e não se segurou quando viu um vestido “ma-ra” que não passou nem na sua coxa depois dos longos meses que levou pra chegar (afinal, aquele pacote viajou de burro, navio e avião) e precisa se desfazer dessas coisas sem prejuízo. Claro, totalmente compreensível.

   O problema começa quando, no meio daquela oferta de móveis, roupas e automóveis, eu vejo um animal. Poxa, espera aí...as pessoas tão colocando MESMO uma vida pra ser trocada? Na-na-ni-na-não. Não tá certo. Ninguém nunca ouviu falar em adoção responsável,né?

   Trocar um bicho ou mesmo doá-lo na rede (sim, porque tem gente que faz doação por meio desses bazares) não é tão simples como parece ou pelo menos não deveria ser. Não se deve entregar um bicho para qualquer pessoa. Até porque, no caso dos cães – e eu vou me ater especificamente ao assunto – eles provavelmente vão acabar abandonados por serem vira latas . Sempre vai ter um problema: cresceu demais, não ficou bonitinho (porque né? filhote é tudo fofo). Ter um bicho é quase como ter um filho em casa, com a mesma responsabilidade ao contrário do que muita gente pensa. Ele precisa ser alimentado, cuidado e amado. Não pode ser deixado sozinho por longos períodos e sofre sim de “doenças de gente” como depressão e tristeza.

   Acabei de ver uma reportagem onde algumas pessoas pintaram e quebraram a cauda de alguns filhotes para vende-los como cães Yorkshire. Os compradores, claro, abandonaram os bichos assim que entenderam que compraram gato por lebre. Só num abrigo em São Paulo, 30 cães são abandonados por dia. A maioria porque não corresponderam as expectativas de seus donos. Isso se chama crueldade.

   Daí vem o meu P-A-V-O-R pelo mercado de compra e venda de animais. Infelizmente, os seres irracionais são os humanos, esses sim, bichos que vivem atrás de interesses próprios e de obter vantagem a qualquer custo. Por um acaso se o cachorro ou gato não for de raça, vai te dar menos amor? Não vai balançar o rabo ou fazer menos festa quando você chegar em casa depois de um longo dia de trabalho? não. Mas eles não dão status, não passam a tão sonhada imagem de poder, não tem nem vem com um certificado.

   E desde quando amor precisa de papel ou tem de ter pedigree? O amor de um animal é puro, desinteressado. Ele só quer um afago, uma palavra de carinho. Bicho não é brinquedo, não é válvula de escape, não é enfeite. Ele vai fazer sujeira, soltar tufos de pêlos, comer seu sofá novo, roer o pé da sua mesa. Mas vai também te dar uma bela lambida quando te ver chorar, vai balançar o rabo e se tremer todo a cada olhar, fazer xixi de emoção quando você entrar pela porta, implorar (com carinha de pena nível gatinho do Shrek) pra dormir na cama e, claro, vai querer comer TUDO o que você estiver na mão...

    O importante pra mim é que esses amigos caninos e de focinho gelado são, muitas vezes, melhor do que muita gente.

   Ah! essa pequetita linda da foto é a minha bebê Arya, que adotei há 3 meses...meu amorzinho...

   Quer adotar uma delícia dessas também? Você pode visitar sites de projetos (que são inúmeros país afora), conhecer o trabalho de cada um e escolher seu companheiro! Vou indicar alguns daqui de BH caso alguém daqui queira,ok? esses eu confio e sei que são sérios.


19 comentários:

  1. oi kyra, nunca comprarei um bichinho porque muitos vejo abandonados e sujos na rua : ((
    o unico q comprei foi meu coelhinho porque eles nao vemos no meio da rua
    kyra me visite tambem:
    gilvaniaevans.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá dó demais né Gil?
      Brigada pela visita!

      Excluir
  2. Nossa, que sem noção a pessoa colocar um animal num grupo assim, pra trocar ou vender :/ Muito triste.


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é,menina...a coisa tá nesse nível...daqui a pouco trocam a mãe! KKK

      Excluir
  3. Condordo com cada frase que você disse, ótimo texto! Só quem tem cachorro sabe como é tê-los ♥

    http://nosmeuscabides.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Fala sério! As pessoas perderam a noção!!!
    Tadinhos dos bichinhos!
    Adorei o post, super concordo.
    Beijão

    www.lacodemimosa.com

    ResponderExcluir
  6. Eu tenho paixão por cachorro rs, só consegui focar na sua baby lindaaaaaa <3
    Beijinhos, Té
    www.bloglola.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Num eh linda minha filha de olhos verdes?
      Igual os da mamãe...SQN KKKK
      beijo!

      Excluir
  7. Awwwn, que linda a sua dog! Muito fofa *-*
    Simplesmente amei teu texto, e concordo com tudo o que você disse. Cachorro não é objeto para ser trocado, tem que pensar muito bem antes de ter um porque é uma vida e exige que a pessoa tenha responsabilidade e paciência (porque eles são como crianças hahaha <3). Recentemente peguei um dog de 3 meses. Ele está comendo a casa inteira e aprontando bastante, mas eu acho muita graça hahaha todo o carinho que ele me dá compensa. Tem que ser muito fdp pra querer trocar um animal em grupos de rede social. Beijos e ótimo post!

    www.entorpecendo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mary, minha filha....Arya já comeu chinelo meu, o sofá....eu brigo mas amo né?rs
      E filhote eh assim mesmo!

      Excluir
  8. Ai, fico pra morrer quando vejo uma injustiça dessas sendo feita com bichinhos! Adoção tem que ser responsável gente, quando as pessoas vão aprender???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, nem fale...triste pra dizer o mínimo...

      Excluir
  9. Pois é, tem cachorro que é melhor que muita gente. Eu vi isso dos yorkshires, as pessoas continuam querendo se dar bem em cima dos outros né, o pior é que cada vez mais ultrapassando os limites e chegando ao ponto de fazer isso. =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O ser humano é assim,meu amigo: se tiver bom pra ele e se estiver lucrando, o resto que se dane...

      Excluir
  10. É absurdo abandonar animais como se fossem uma roupa que você usou um pouco e se cansou dela.
    Eu tenho três gatos adotados, que eu literalmente tirei da rua. Sou super a favor da adoção e tenho verdadeiro pavor do comércio de animais!
    Muito bom o seu post.
    Beijo

    ResponderExcluir
  11. Eu acho isso um absurdo, as pessoas perderam totalmente o senso de tudo, cada dia é mais comum ligar a tv e ver o número de atrocidades que estão fazendo com os animais, sou adepta da ideia se não gosta não adota, melhor do que adotar e fazer esse tipo de coisa.

    http://redandvintage.wix,com/home

    ResponderExcluir